Corvette Brasil

Maior conteudo sobre Chevrolet Corvette na língua Portuguesa.

quarta-feira, 23 de março de 2011

A morte bebâda de um Stingray 1968


Acidentes acontecem por falhas mecânicas e ou outros fatores. Porém quando há imprudência e ou bebida envolvida então não poderia estar na categoria de acidente uma vez que a besteira não é difícil de prever.




Quando era mais novo morei em Seattle no estado de Washigton. Havia uma bela cidade vizinha (como Osasco é para São Paulo) chamada Bellevue, um lugar muito elegante. Para chegar lá pegava-se uma ponte flutuante e era o local de várias revendedoras de carros exóticos e caros. Lembro uma vez que saindo da universidade fiquei sentado num banco de ponto de ônibus lendo a Road & Track com o Corvette Callaway B2K durante o final do inverno.

Pois então, o acidente aconteceu em Bellevue no último Domingo na I-90. O Carro era um Corvette 1968 (pode-se notar pelas luzes de ré abaixo do para choque) com rodas de C3 mais recente. O motorista era um homem de 52 anos de idade que estava embriagado e dirigia em alta velocidade. Ele perdeu o controle e bateu numa dessas barreiras da estrada que virou o carro e foi arrastando por vários metros até parar. Durante o processo do arrasto, o motorista ficou meio para fora do carro e recebeu um tratamento esfoliaste no asfalto. Ainda o motorista sobreviveu mas está internado no hospital Overlake em Bellevue em estado grave. Ainda internado foi decretado sua prisão por dirigir sob influência que pode ter sido somente álcool ou uma combinação de demais substâncias. O artigo do acidente saiu em um jornal local e as fotos foram obra do policial rodoviário que estava atendendo ao caso. Sentimos muito pelo Sting Ray ainda que possa ser recuperado.

2 comentários:

Léoplaina disse...

Deus dá asa a cobra sim tem ente que não merece o que tem

Road Runner disse...

Pelo menos, neste caso, não houve ninguém inocente envolvido na estupidez (exceto o pobre Corvette 1968, que não tinha culpa alguma de ser dirigido por um estrupício em forma de gente...)