Corvette Brasil

Maior conteudo sobre Chevrolet Corvette na língua Portuguesa.

sábado, 20 de março de 2010

Karl Kustom Corvettes


Que o Corvette C2 e o C6 são as gerações mais bonitas, ninguem duvida. Imagine então unir o que tem de melhor de cada um. Foi isso que a Karl Kustom Corvette fez trocando as peças da carroceria do C6 por peças únicas inspiradas no C2. Porém, como a porta do C6 original tem aquele ombro atrás, foi possível mante-la dentro do desenho do C2.


O mais interessante de tudo isso, é que praticamente apenas a pele do C6 é retirada sendo que todo o resto mantido original. Claro que os faróis são escamoteáveis como no C2 e a fabricação das peças da carroceria são da mais alta qualidade. São oferecidos kits para o cupê baseado no C2 split window de 1963, e conversível baseado no melhor da série o Sting Ray 1967. Ainda, há vários acessórios para o interior. É uma conversão diferente, mas até que de bom gosto para apimentar o C6 normal e deixá-lo exclusivo. Algumas modificações em Corvette, como as do Callaway, acabam deixando o carro mais desejável para colecionadores. Dessa forma, arriscamos dizer que o kit da Karl Kustom deve fazer o mesmo no futuro.


A Karl Kustom é de propriedade da Karl Chevrolet, a concessionária lider em Iowa. Eles podem ser contatados pelo website www.karlkustomcorvettes.com para maiores informações.





























































4 comentários:

Francisco J.Pellegrino disse...

Não dá para "estragar" o design da 1963, não gostei. Achei no post anterior da C3R o design muito mais equilibrado.

Abs

Adalberto disse...

Ate que nao ficou ruim, o resultado final ficou bom. Talvez ao vivo seja melhor.
Mas prefiro o C2 com uma mecanica moderna.

Paulo Mopar disse...

Horrivel

Lawrence Jorge R S disse...

É a melhor adaptação do C2 para a plataforma moderna que já vi aqui!
Tirando alguns detalhes mínimos q estragam um pouco como folgas exageradas entre as peças; ficou bonito.
É mais complicado; mas faltou um kit para o interior: como dizia a vovó, vai fazer... Faz tudo!
Claro que nunca vai ser um C2 com a sua beleza e charmes inconfundíveis; mas ao mesmo tempo nenhum C2 com mecânica moderna vai ter o mesmo desempenho e segurança desse carro!
Nessa parte eu sou fã dos americanos; eles fazem mesmo!
Abraços